De Onde Vem o Papel?

2
Há algumas semanas atrás publiquei uma matéria sobre o vidro, “De Onde Vem o Vidro?”, mostrando um dos 20 vídeos didáticos do programa “De Onde Vem?” da TV Escola do Ministério da Educação. Havia prometido continuar mostrando os demais. Pois bem, aqui apresento outro!
Desta vez escolhi um que mostra como é produzida a celulose e a fabricação do papel.
Assim como o vidro, o papel está sempre presente em várias de nossas ações diárias. É desnecessário falar de sua importância, e por isso mesmo, é sempre bom aprender um pouco mais sobre o tema.
Como o outro vídeo, ele se alterna entre filme e animação, e apesar de ter um roteiro aparentemente infantil, é muito bem elaborado, tem conteúdo, e é acessível também para adultos.
A esperta e curiosa Kika e seu inseparável amiguinho Guto, personagens animados, são presenças constantes nessa série. Sempre querendo entender a origem das coisas, ela conduz o espectador ao aprendizado, de forma muito inteligente.
É sempre bom aprender algo mais ou relembrar o que já se sabe… assista!
 

 

Atualmente o Brasil é referência mundial na fabricação de papel e celulose. Reconhecido até pelos concorrentes, nenhum país tem trabalhado tão bem esse segmento como o nosso, principalmente na última década, que em poucos anos só não será líder de mercado se não quiser. Ele se encontra na quarta posição no ranking de produção de celulose, um pouco atrás do Canadá, mas longe ainda do que produz os Estados Unidos e a China, mas esse cenário deve mudar, pois em todos os aspectos analisados nosso país está melhor: investimentos, crescimento, pesquisas, aperfeiçoamentos genéticos, manejo de mudas e plantio, produtividade, capacitação profissional e sustentabilidade, entre outros. Nossa produção de papel e celulose é 100% proveniente de florestas plantadas.
A Fibria, uma recente fusão da tradicional Aracruz com a Votorantin e com participação do BNDS, tornou-se a líder global no mercado de celulose branqueada de eucalipto, com uma receita líquida anual estimada em R$ 6 bilhões. Antes disso, a Aracruz já era a única empresa do setor florestal no mundo a estar na lista de empresas do Índice Dow Jones de Sustentabilidade, o DJSI World, 2007/2008, da Bolsa de Valores de Nova York, que destaca as melhores práticas em sustentabilidade corporativa e que, por conseguinte, promove e recomenda suas ações de longo prazo.
Na contramão disso, e sem ter a certeza de afirmar que é de todo ruim, curiosamente, o brasileiro é um dos povos que menos usa papel. Seu consumo aparente per capita é um dos menores entre os países desenvolvidos ou emergentes, em torno de 45 Kg/ano.

2 Comentários

  1. Ana diz:

    Que legal!! Adorei….mas que curioso consumirmos menos papel que países desenvolvidos – apostaria no contrário!!

    • Aníbal Fernandes Filho diz:

      Oi, Ana!
      Pois é, também fiquei surpreso ao saber disso.
      Só pra você ter uma ideia, os americanos consomem 5 vezes mais, cerca de 250Kg/ano, e os finlandeses quase 7 vezes mais, cerca de 350Kg/ano.
      Abraço.

COMENTÁRIO

© 2011 | Saiba Que! | Quer Saber mais? > É Curioso? > Notícias > Informações > Curiosidades | Just domain reserved
Proudly designed by Theme Junkie